Forte poroso

Sei que pude entender o que era Salvador quando desavisada, turista, decidi sair do Mercado Modelo para caminhar até o Solar do Unhão, pois – Você precisa ver o pôr do sol daquele lugar, disseram.

Também disseram para não fazer esse trajeto a pé, “de jeito nenhum”. E mesmo sendo cautelosa em todas as horas, naquela hora decidi fazer o contrário.

Não lembro quantos passos havia avançado. Estava concentrada em olhar à frente e prever a distância, o quanto ainda faltava do caminho, e olhar em volta. Por algum motivo parei e minha cabeça girou para a esquerda, distraidamente, ou era mesmo a força de uma mão enorme, um polegar/indicador invisíveis segurando o que existe entre as minhas orelhas, para que eu visse.

Vi a altura. Uma parede extensa, de pedra, o Sol batendo nela. Pedaços de vegetação original misturados com pedras e edificações nitidamente antigas: era uma carcaça, uma estrutura bruta, um prédio imenso, sem o prédio.

Aquela visão me deu medo e parei de encará-la – encarei o chão por alguns segundos, como quem vê algo proibido mas o desejo de olhar de novo, e de novo, e de novo. Havia o mar do outro lado, mas queria apenas virar a cabeça para olhar o seu oposto, como se aquela onda gigantesca e imóvel pudesse, de repente, reintegrar-se à água, e então seríamos soterrados. Uma imensa muralha, uma pedra, um forte poroso.

*

Depois disso entendi Salvador de outro jeito, um horizonte sem fim a partir do Farol. Não lembrava de haver estado dentro de um farol antes e tinha de passar pelo Farol da Barra.

Há dias o passado impunha a sua presença e veio também naquela subida, preso às pernas. Passei pelo Museu, pelos Canhões, subi. A escada estreita e circular. Pedaços de mar por partes, uma expectativa crescente, até o topo, cume forjado no meio do mar, o passado se arrastando escada acima, segurava o corrimão resistindo, até aquela visão e então.

Nenhum bloqueio, nenhum muro, o mar, frio na barriga.

Não era a altura, mas a sua extensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *